sábado, 14 de agosto de 2010

NOTICIANDO....



A sueca Marie Douglas-David, de 36 anos, que está se separando do ex-CEO da United Technologies Corp George David, de 67, disse que não consegue viver com apenas US$ 43 milhões (quase R$ 100 milhões).
Ela disse que "está muito triste" por ter que resolver o divórcio judicialmente. "Espero que possamos resolver isso em breve e cada um possa seguir em frente com sua vida", afirmou a mulher.


George David deixou no ano passado o cargo de CEO da companhia, mas ainda é presidente do conselho e tem um patrimônio estimado de US$ 329 milhões. Ele e a ex-esposa se acusam mutuamente no julgamento que começou na quarta-feira.

A mulher apresentou ao tribunal documentos que mostram que ela tem mais de US$ 53,8 mil em despesas semanais. Seus gastos incluem US$ 700 por semana para o serviço de limusine, US$ 4.500 para a roupa, US$ 1 mil para cabeleireiro e tratamento de pele, US$ 1,5 mil para restaurantes e entretenimento e US$ 8 mil para viagens.


Eles se casaram em 2002, mas o casamento começou a ter problemas em 2004. No meio de uma série de reconciliações, o casal assinou um acordo em outubro de 2005, no qual ele iria dar US$ 43 milhões quando eles se separassem.

No entanto Marie Douglas quer invalidar, pois considera o valor muito baixo. Além disso, ela acusa seu marido tê-la coagido a assinar o acordo. Ela pede cerca de US$ 100 milhões em dinheiro e ações, além de uma pensão mensal de US$ 130 mil. 




Uma mulher britânica incomodou tanto os vizinhos ao passar noites inteiras gritando obscenidades enquanto fazia sexo com o namorado que acabou indo parar nos tribunais. Kerry Norris, 29 anos, terá de pagar, entre multas e indenizações, 315 libras esterlinas, o equivalente a cerca de R$ 1 mil. De acordo com o jornal britânico 'Daily Mail', o "mau comportamento" de Norris - e de seu namorado, Adam Hinton - durou cerca de 2 anos e meio. No período, eles ficavam até as 6h da manhã gritando palavras "impublicáveis", diz o jornal.
Michelle Tyrrell, mãe de três crianças, disse que sua filha de 4 anos não conseguia dormir por conta da gritaria. "Ela (a menina) vinha me perguntar o que significavam as palavras", disse Michelle. "Agora ela tem pesadelos e faz xixi na cama por causa das coisas que ouviu."

De acordo com outra vizinha, Kerry tinha o hábito de tomar sol nua no jardim dos fundos do apartamento. "Os operários ficavam vendo tudo."
Richard Powell, 36 anos, mora ao lado do casal. Seu quarto compartilha uma parede com o quarto dos "maratonistas". Resultado: "a cabeceira da cama ficava chacoalhando, e eu ouvia todos os barulhos", conta. Sua mulher, Sarah, conta que teve que mudar a localização do quarto dos filhos.
Desempregada, Kerry afirma que terá que recorrer ao namorado para pagar a multa. "Tenho uma vida sexual normal", comentou, sobre a decisão da Justiça.

Quando a gente acha que já viu de tudo...


 
Sean Kelly tem 40 anos. Mas contratou duas enfermeiras dizendo ter idade mental de 5 anos e sofrer de incontinência urinária. De 2008 a 2009, as mulheres trocaram as fraldas e deram banho em Sean. Diante no tribunal, ele admitiu culpa e pediu desculpa às vítimas da fraude.
Ele ligava para as vítimas, que anunciavam os seus serviços, dizendo ser o irmão do "adulto" que precisava de cuidados especiais. Durante a investigação, Don Loughran descobriu que um grande número de adultos tem fetiche de ser tratado como criança.

Se liga no tamanho da pança da 'criança'...

Postar um comentário

COMENTE!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...