terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Artista cobre “crânio de bebê” com diamantes e causa polêmica


A última obra de arte de Damien Hirst, um crânio de bebê de platina, incrustado com cerca de 8 mil diamantes, causou grande controvérsia: para muitas pessoas, o crânio é extremamente perturbador e até mesmo ofensivo.
Hirst é um artista conhecido por ser polêmico. Entre suas obras passadas estão uma ovelha dissecada e um tubarão em conserva. Apesar de parecer nojento, não só suas obras lhe renderam fama internacional como também o fizeram ganhar uma grande fortuna. Mas até mesmo alguns de seus fãs admitem que ele foi longe demais com a sua obra “For the heaven’s sake” (expressão que, em português, seria o equivalente a “pelos céus”).
O crânio fazia parte de uma coleção do século XIX que Damien havia adquirido. Ele pegou os ossos, fez uma espécie de forma com eles, preencheu o molde com platina e depois o incrustou de diamantes.
Acredite ou não, esse não é o primeiro crânio de diamante de Damien. O primeiro, chamado “Pelo amor de Deus”, possuía 8600 diamantes – um deles era um grande diamante rosa que custava 6,5 milhões de dólares.
Apesar de alguns argumentarem que as obras de Hirst são apenas moldes, pais, principalmente aqueles que perderam um filho, dizem que a arte de Damien é extremamente ofensiva. E você, leitor? O que acha?
Postar um comentário

COMENTE!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...