terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Ladrão tenta assaltar moça e acaba estrupado

Você já deve ter visto muitos casos curiosos de roubo, mas certamente nenhum como esse. Uma cabeleireira da região russa de Kaluga é suspeita de manter um ladrão em cativeiro e abusar sexualmente dele durante dois dias, após uma tentativa frustrada de roubo.
Tudo começou na noite de 14 de março, quando Viktor, de 32 anos, resolveu invadir o salão de Olga, 28. Segundo o site LIFE, a moça, que treina artes marciais, fingiu que entregaria seu dinheiro quando surpreendeu Viktor desferindo um soco rápido em seu peito, fazendo-o cair no chão. Em seguida, usando um secador de cabelo, Olga amordaçou o bandido e o arrastou até uma sala reservada.
Curiosamente, segundo a matéria, Olga instruiu as outras funcionárias a continuarem trabalhando, dizendo que a polícia ia chegar em breve. Enfim, a polícia não foi chamada e Olga resolveu combater o crime de uma forma inusitada. A cabeleireira forçou o rapaz a tomar alguns comprimidos de Viagra e depois passou a abusar sexualmente dele por diversas vezes, durante dois dias.
Achou pouco? Depois de ser liberado, Viktor afirmou ao Life que sentia-se “espremido como um limão“. Urgentemente, o infeliz ladrão correu para um hospital, onde recebeu tratamento para curar as feridas genitais. Logo depois, apresentou uma denúncia contra a agressora por cometer “ações de natureza sexual”, que o machucaram demais.
Olga, além de também acusar o ladrão, afirmou que a história não foi tão ruim assim. “Sim, houve algumas vezes, mas eu também comprei um novo jeans para ele, comida, bebida e dei 1000 rubles (aproximadamente R$ 65) quando ele saiu“.
Para terminar essa história insana, um agente de polícia declarou ao site: “Podemos colocar ambos atrás das grades: ele por roubo, ela por abuso sexual.”
FONTE: http://www.tudofreegyn.com/
Postar um comentário

COMENTE!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...