terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

na 2° Guerra Mundial como piloto, seu avião cair e NINGUÉM encontrar em mais de 60 anos?



A história do piloto russo Michail Gavrilov, desaparecido em 1942, encontrado intacto em um pântano russo 68 anos depois impressiona.

Em Abril 1942 o Tenente russo Michail Gavrilov já era um piloto experiente. Havia participado de várias missões com seu IL-2, e abatido várias aeronaves alemãs. Condecorado por bravura em batalhas aéreas, tinha apenas 26 anos de idade, casado e com 1 filho.

As aeronaves Ilyushin IL-2 Sturmovik e seus pilotos são consideradas as que tiveram participação mais decisiva na Segunda Guerra Mundial, sendo cruciais para conter os avanços alemães no front soviético. Durante a Segunda Guerra foram fabricados mais de 36.000 IL-2, tornando-o o modelo de avião de guerra mais produzido da história. Sua cabine não era blindada, o que ressaltava ainda mais a coragem e heroísmo de seus ocupantes.

E aquele 30 de Abril de 1942 foi um dia comum no front soviético, novamente vencido pelos Sturmovik IL-2 e seus corajosos pilotos, que abateram 36 aviões alemães, e perderam apenas 9.

Porém, uma destas perdas permaneceu envolta em mistério durante décadas. O IL-2 de Gavrilov, após reportar uma situação de ataque a um acampamento inimigo na região de Demyannsk, simplesmente desapareceu. Os restos da aeronave nunca foram encontrados. Teria sido o avião capturado ? Teria Gavrilov desertado ?

Em Abril de 2010, um grupo de militar de sondagem que trabalhava na região encontrou um caça russo “enterrado” em um pântano, e após vários dias de escavação esclareceu mais um fragmento da História da Segunda Guerra Mundial: O IL-2 de Gavrilov e seus restos mortais, extremamente bem conservados após 68 anos de espera.

O Tenente Gavrilov ainda vestia sua Farda, Capacete e Botas de batalha, mas não estava com sua Identificação, Arma, Pára-quedas e nem Relógio, o que significa que o avião foi encontrado logo após abatido e saqueado.

A identificação do Tenente foi feita pelo Código do avião, Número de Série do motor e pelo fato de estar ocupando a cabine do piloto da aeronave.

Hoje supõe-se que ao atacar o acampamento inimigo, o IL-2 de Gavrilov foi atingido por uma bateria anti-aérea, obrigando-o a fazer um pouso forçado.

A resposta se Gavrilov morreu durante o pouso ou se foi executado em solo pelos alemães será dada pelos peritos. Um triste fim para um importante membro da mais corajosa equipe de pilotos da Segunda Guerra.

O caso de Gavrilov não foi o único. Em 2008 o piloto Boris Lazarev foi encontrado em sua aeronave durante sondagens de uma empresa de Topografia.

Os pântanos europeus possuem alta concentração de Tanino, que inibem a proliferação de bactérias. Por isto os corpos são naturalmente “mumificados”, permanecendo intactos durante centenas de anos.

li noissoebizarro

Postar um comentário

COMENTE!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...