segunda-feira, 18 de julho de 2011

Serial Killers Mirins

PRIMEIRO CASO
12 de fevereiro de 1993, Liverpool – Inglaterra.
Assassinos: Jon Venables e Robert Thompson (11 anos)


Vítima: James Bulger (2 anos)


Jon Venables e Robert Thompson passaram o dia todo cometendo pequenos roubos dentro de um shopping. Encontraram o pequeno James sozinho num momento de descuido da sua mãe e o sequestraram.


Momento do sequestro. Jon segurando a mão do garoto e Robert mais a frente.
Eles caminharam com o garoto por um longo tempo. O agrediram algumas vezes pelo caminho até chegarem a uma área isolada perto de uma linha de trem. Ao chegar no local, agrediram James Bulger com pedradas, chutes e tijoladas na cabeça. Não satisfeitos tiraram as calças e sapatos do garoto e o espancaram até a morte com uma barra de ferro. Para finalizar, colocaram o corpo sobre a linha de trem e só saíram do lugar quando um trem passou por cima do menino.
Os dois criminosos mirins foram condenados a 250 anos de prisão cada um. Porém, nodia 22 de junho de 2001 os dois assassinos foram libertados graças a ajuda da Corte Européia dos Direitos Humanos que alegou injustiça no julgamento dos garotos.


SEGUNDO CASO
Inglaterra
Assassina: Mary Bell (10 anos)


Vítimas: Brian Howe (4 anos) e Martin Brown (3 anos)


Mãe de Martin Brown e a foto do seu filho.
Mary Bell pode ser considerada a primeira criança seria killer do mundo. A sua primeira vítima foi Martin Brown. O garoto de três anos foi estrangulado e jogado do andar superior de uma casa abandonada no dia 25 de maio de 1968. O crime deu mais confiança a Mary e a fez libertar cada vez mais sua personalidade assassina.
Não satisfeita, dois meses depois da primeira vítima, a menina matou Brian Howe de quatro anos em uma área perto de uma linha de trem onde crianças costumavam brincar em meio a carros abandonados. Mary foi tão fria durante o ato que após estrangular e perfurar as coxas e genitais do pequeno Brian ainda teve a calma de perfurar um M na sua barriga.
Mary Bell foi sentenciada a prisão por tempo indeterminado e foi liberada em 1980 com 23 anos.


Foto tirada no dia em que Mary Bell foi presa.
TERCEIRO CASO
23 de março de 1944 – Carolina do Sul, Estados Unidos

Assassino:
 George Juniu Stinney Jr.  (14 anos)


Vítimas: Betty Junne Binnicker (11 anos) e Mary Emma Thames (8 anos)
As duas garotas brincavam de catar flores quando George que morava por perto as encontrou. O garoto tentou abusar sexualmente de Betty, mas não conseguia porque Mary Emma o estava atrapalhando. Foi então que o garoto decidiu matar a mais nova. Uma garota tentou proteger a outra e terminou que George matou as duas com uma barra de ferro e jogou os corpos em um buraco. As garotas foram encontradas com os crânios quebrados em cinco partes.
Ele foi senteciado a pena de morte na cadeira elétrica. Sua execução aconteceu no dia 16 de junho de 1944, tornando-se assim a pessoa mais jovem a ser executada nos Estados Unidos da América.
QUARTO CASO
2 de agosto de 2004 – Geórgia, Estados Unidos
Assassinas: Sandra Ketchum (16 anos) e Holy Harvey (15 anos).



Vítimas: Sarah Collier (73 anos) e Carl Collier (74 anos)


Holly Harvey morava com seus avós Sarah e Carl. Os dois consideravam obrigação da neta ir a igreja e a proibiram de encontrar-se com a sua namorada Sandra.
As duas psicopatas tiveram a frieza de elaborar um plano completo de como matar o casal de idosos e roubar seus bens. No dia do crime, começaram a fumar maconha no porão para atrair a atenção dos avós de Holly. Infelizmente, os dois caíram na armadilha e foram esfaqueados pela neta e sua namorada lésbica. Sarah levou vinte facadas nas costas e peito e Carl 15 no peito e pescoço.
Holly e Sandra foram condenadas a prisão perpétua em 14 de abril de 2005.


QUINTO CASO
Local: Brasil
Data: desde sempre.
Assassino: Fulaninho Cicraninho (Vulgo: “Dadinho o Caralho, Meu Nome é Zé Pequeno, Porra!”)
Idade: Quaisquer inferiores a 18 anos.


Vítimas: Uma CARALHADA DE GENTE.
“Dadinho” já cometeu vários crimes, dos mais horrendos possíveis. Até hoje vai pra escola somente pra comer merenda, já que não se interessa por nada da matéria e passa a maior parte do tempo enlouquecendo os pobres professores e aliciando as colegas de classe. Já está na quinta série sem nem mesmo saber o que é verbo ou pronome ou quanto é 2+2, mas só “conquistou” esta posição porque o “Abençoado Governo Brasileiro”, querendo “mostrar serviço”, obriga os pobres professores á não reprovar ninguém devido ás “médias de educação”. Já estuprou umas 15 pessoas e certamente mandou mais de 30 pra “cidade dos pé-junto”. Quanto não está matando por prazer ou cometendo latrocínios, fica “passando um bagulhinho” pra “playboyzada lôca-dos-córnos”. Começou cedo na “vida loka” como fogueteiro, mas rapidamente “foi promovido” quando um vagabundo qualquer de mais idade lhe vendeu um revólver 38 contrabandeado do Paraguay.
Postar um comentário

COMENTE!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...