segunda-feira, 3 de maio de 2010

A imortal galeria estúpida do crime

Shaneed Wright aparentemente dizia para o filho que pacotinhos de cocaína que papai guardava dentro do seu pequeno casaco eram doces. Foi preso quando, em 19 de setembro, seu filho distribuiu os tais doces para os amiguinhos da escola.

Jose Pascual escalou a cerca do quintal de uma casa em Lake Worth, na Flórida (EUA) e acordou seu dono, de 91 anos, que saiu da cama pelado, armado e deteve o suspeito até a chegada da polícia.

Robert Maday – o ladrão déjà-vu: ele bateu nos dois oficiais que o levariam a julgamento, escapou e foi correndo assaltar o mesmo banco por cujo assalto havia sido preso – foi preso outra vez.

Dante Krause foi visto dirigindo sua moto, peladaço, em Ocala, na Flórida (EUA) e responde por acusações de dirigir sob influência – de álcool ou Viagra?

Daniel Samplaski encheu a cara pegou uma cadeira de rodas motorizada “emprestada” e foi preso na rodovia i-94, em Milwaukee, chamando os motoristas dos outros carros “pra ralar” – foi preso por dirigir alcoolizado.

Vincent Smith é de Clearwater, na Flórida. Ele entrou num boteco, pediu um Jack Daniels com coca cola, depois pediu mais um, e, depois, pediu um terceiro. Daí, ligou para o 911 e pediu socorro. Foi condenado por mau-uso de serviço de emergência.

O Impostor: Daniel Niederhelman, de Shreveport, Louisianna (EUA) colocou uma giroflex vermelho no teto de seu carro, fingiu que era da polícia e parou o carro do prefeito, Cedric Glover. Foi preso ao tentar fugir quando o prefeito chamou a polícia de verdade.
Postar um comentário

COMENTE!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...