domingo, 8 de agosto de 2010

Ciêntista russo consegue fazer uma cabeça de cachorro viver fora do corpo



Era 1940, quando o ciêntista russo Vladimir Petrovich Demikhov (Nascido em Kulini Farm em 18 de Julho de 1916  e falecido na capital Moscou em Novembro de 1998) buscava descobrir como substituir órgãos danificados por outros (hoje já transplantamos diversos órgão como coração, pulmão, córneas e etc.) ou trocar órgãos orgânicos por substitutos mecânicos.

Demikhov foi um ciêntista pioneiro nessa área, ele não só transplantou alguns órgão, como fez um coração canino funcionar fora do corpo, ressussitou animais mortos e implantou cabeças de cachorros em outros cachorros e ambos se mantiveram com vida por várias semanas.

A seguir o vídeo de como ele conseguiu fazer um coração funcionar fora do corpo e como ele conseguiu também manter uma cabeça funcionando sem corpo com todas suas funções intactas:


Outra experiência que Demikhov realizou foi a de ressucitação de animais. Ele levou três cachorros ao falecimento por vários minutos (entre dez e vinte minutos) e através de um coração externo, ele fez com que os cachorros voltassem a vida e algumas semanas depois esses cachorros tinham se recuperado completamente. Veja o vídeo do experimento.


Seu experimento mais conhecido foi o de transplantar a cabeça e uma parte do tronco de um cachorro para outro. Uma vez transplantado, ambos os cachorros viviam várias semanas (até que a rejeição de tecidos acontecesse). Inicialmente o cachorro que recebia o 'carona'  estranhava o outro animal por alguns dias, mas depois de algum tempo ambos viviam tranquilamente um com o outro e mantinham suas personalidades de forma individual. Se um era mais bravo e outro mais brincalhão, mesmo depois da fusão, ambos mantinham suas personalidades. 



Em Hollywood o filme 'Arquivo X 2 - Eu quero acreditar' foi baseado nas experiências do dr. Demikhov. O vilões do filme tinham avançado com seus experimentos e realizado transplantes de cabeças humanas. :

Em 1955 o ciêntista apresentou seus cachorros de duas cabeças em um agrande feira ciêntifica na Russia foi matéria da revista americana TIME de 17 de janeiro de 1995.
O Link para a matéria: Time.

Demikhov morreu em 1998, mas foi premiado com a Ordem "Por serviços prestados ao País", Terceira Classe, um pouco antes de sua morte.
li no muitosposts
Postar um comentário

COMENTE!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...